07 outubro 2013

Scans e Tradução: Robert Pattinson na Revista Faces (Suíça)

Tradução

Que tipo de pessoa é o homem que veste Dior Homme?
Cheira muito bem! (risos)
O filme da campanha de Dior Homme começa com uma cena na praia. O que você se lembra disso?

Estávamos em um pequeno BMW ao longo da praia. Se tivesse pisado os saltos do carro, imediatamente teria sido envolvido na areia, de modo que constantemente levou 80 milhas por hora com a câmera dentro. E, como era o motorista e os principais responsáveis ​​por outros três modelos. A próxima coisa que me lembro é que o carro correu para o mar. Todo o pára-choque caiu, foi selvagem! (risos)

Com você como o novo rosto da [o perfume] , Dior Homme pode chegar a uma nova geração de jovens. Como o descreveria?

Acabei de fazer 27 e não foi até agora que percebi que as pessoas não me vêem como mais um filho. Parece estranho para mim finalmente me verem como um adulto e ser tratado como um dos outros. Para descrever a minha geração é difícil, porque para nós, nos últimos dez anos têm sido uma espécie de fase de transição, e alguns de nós ainda estão tentando descobrir o que fazer com tudo isso. Pelo menos esse é o caso comigo. (risos)

Muito frequentemente, certos odores estão ligados às memórias.tem isso?

Lembro que meu pai sempre usava Brut de Faberge. Ele ainda tem essa fragrância e me faz lembrar dos meus primeiros anos escolares. Curiosamente, mas eu ainda sei exatamente como ele cheira, é como se houvesse alguma forma sido ele mesmo na memória. Mais tarde, quando eu tinha 12 anos, eu comecei a conversar com as meninas e eu pensei que seria bom usar um perfume, ao fazer isso. Lembro-me também o feriado em Portugal. Na época, eu pensei que para trazer um aroma fresco me faria parecer mais velho. Então, perfume e gel de cabelo tinha sido meus companheiros constantes durante esse verão. (risos)

Há alguma cidades ou países que se conectam a certos cheiros?

Meu pai é de Yorkshire, onde há um monte de charnecas e urzes, esse cheiro é simplesmente fantástico. Nós sempre passamos o Natal lá e apesar de eu não ter estado lá por anos o cheiro ficou comigo de alguma forma .

Você tem um perfume favorito?

Eu gosto do cheiro das pessoas. (Risos) Eu sei que soa um pouco estranho, e provavelmente tem algo a ver com feromônios, mas muitas vezes você pode julgar o caráter de uma pessoa pelo seu cheiro. Nós nos cercamos de pessoas que tem cheiro bom para nós, um processo que, provavelmente, tem um completamente inconsciente.

O que é luxo para você?

Sem esforço. Na minha opinião o verdadeiro luxo é não ter que se preocupar com nada. E quando nós filmamos a campanha [do filme] para Dior Homme sentiu exatamente assim.

O que é um dia perfeito para você ?

Eu não posso dizer exatamente, eu gosto de fazer as coisas. Por agora tentar trabalhar em uma história com um amigo. Gosto de comunicar e partilhar ideias com os outros e trabalhar em um projeto. E, ocasionalmente, eu adoraria lutar com as pessoas. (risos)

Você ainda toca violão e piano?

Eu ainda toco guitarra e recentemente começaram a praticar um pouco mais frequentemente novamente. Mas eu não tive um concerto no ano. (risos)

Você tem agora uma banda favorita ou música favorita?

Para ser honesto, isso é muito estranho, música eletrônica, por exemplo, algo que eu nunca tinha ouvido antes. Um casal de amigos meus tocam nesta incrível banda, Death Grips, e eles de alguma forma realmente me cativou.

Como você descreveria seu estilo pessoal da forma?

Na verdade, eu tenho apenas algumas coisas básicas que uso todos os dias. Para mim, o que mais importa é saber se algo se encaixa bem ou não. Eu realmente não me importo com mais nada, por isso se encaixa. Então, eu costumo usar as mesmas roupas até que eles literalmente caiam do meu corpo.

Quem é seu ícone fashion?

Eu sempre admirei as pessoas que se vestem com a prática. De alguma forma, eu acho que é especialmente masculina. Eu gosto de roupas que duram um longo tempo, até que tudo o que resta é o material em que foram feitas. Estou pensando nas roupas de Jack Nicholson em "O Iluminad " ou "Voando Sobre Um Ninho de Cucos", na verdade a maioria do que gastou nesses filmes. Quando eu era mais jovem eu sempre tentei vestir exatamente.

Parece que nunca faz uma pausa. Mas se você fizer isso, qual é o seu lugar favorito para relaxar?

Em algum lugar de Inglaterra no país.

Sua obra favorita da literatura?

Tudo a partir de Martin Amis.

Qual palavra você gosta mais de ouvir?

Sim!

Crepúsculo o tornou famoso, Cosmopolis mudou sua imagem, e o filme de Roman Gavrais para a campanha da Dior está adicionando algo inesperado para o seu personagem. Quão doce é o cheiro do sucesso?

Ser um ator é muito raro e a definição de sucesso, que em si é estranho, mudanças nos últimos anos. Por exemplo, o sucesso também tem um lado bom: eu não tenho que me preocupar só por ter de trabalhar por dinheiro [mais], pelo menos por alguns anos. Tenho um grande respeito por todos esses filmes, e é por isso que eu tento ter o tempo e energia e as decisões interessantes, as decisões que nem todo mundo leva. Digo "tentar", mas é engraçado, na verdade, porque eu não sinto que eu tive qualquer sucesso. Mas eu não sinto que eu tenha sido tão bem sucedido. Algo sobre me sentir Dior: A marca continua teimosamente independente e é isso que eu quero para mim agora
Citações

Sobre as filmagens da cena na praia:

"Tudo o pára-choque caiu, isso foi selvagem (risos)"

Sobre memórias que ligam com determinados aromas:

"Lembro que meu pai usava Brut de Fabergé. Ele ainda tem isso, e me faz lembrar dos meus primeiros dias de escola."

Sobre vínculos de cidades ou países com determinados aromas:

"Meu pai é de Yorkshire. Há ermo/pântanos e urze em todos os lugares -...O cheiro é incrível. Nós costumávamos passar o Natal lá, e apesar de eu não ter estado lá há anos,esse cheiro ficou comigo de alguma forma."

Sobre o seu perfume favorito:

"Eu gosto do cheiro das pessoas (risos)." (Em seguida, fala sobre a descoberta do perfume quando eu tinha 12 anos de idade.)

Sobre o seu dia perfeito:"

Eu não posso dizer exatamente, eu gostaria de me ocupar com as coisas. Atualmente, estou trabalhando em uma história com um amigo. Gosto de falar com as pessoas e trabalhar em projetos com eles. E eu gostaria de discutir com pessoas de tempo ao tempo (risos)."

Ele fala de Death Grips sendo sua banda favorita no momento.

Última pergunta: Crepúsculo o fez famoso, Cosmopolis mudou sua imagem e o filme da campanha para Dior por Romain Gavras dá o seu caráter algo inesperado. Qual doce é o cheiro de sucesso?

"Ser um ator é raro e a definição de sucesso (...) as mudanças ao longo dos anos, é claro que há um lado doce do sucesso:.. Que eu não tenho que me preocupar ou trabalharapenas por dinheiro, pelo menos para os próximos anos. Tenho um enorme respeito por todos esses filmes, é por isso que eu tento ter o tempo e energia para tomar essas decisões emocionantes que nem todo mundo faz. (...) Mas eu não sinto que eu tenha sidotão bem sucedido. Algo sobre me sentir Dior: A marca continua teimosamenteindependente e é isso que eu quero para mim agora


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...