16 março 2017

Entrevista: Kristen Stewart sobre namorar com Robert Pattinson "O público era o inimigo"


Kristen Stewart abriu-se sobre a sua relação com Robert Pattinson e porque é que ela decidiu assumir-se numa nova entrevista com o The Sunday Times.

Durante a conversa, que abordou tanto tópicos profissionais como pessoais, Stewart explicou porque é que ela evitava falar sobre o seu romance com Pattinson quando namoravam e porque é que ela é muito mais aberta agora. “Eu não estava a esconder nada. Não falava sobre as minhas primeiras relações que vieram a público, porque queria que as minhas coisas fossem minhas. Odiava que os detalhes da minha vida fossem transformados em mercadoria e vendida em todo o mundo,” disse.

“Mas, considerando que tenho tantos olhares em mim, de repente, percebi que [a minha vida privada] afecta um grande número de pessoas do que apenas a mim. Foi uma oportunidade de dar um pouco do que era meu para até fazer com que uma outra pessoa se sinta melhor com ela mesma,” disse Stewart sobre assumir-se e falar publicamente sobre a sua sexualidade. “Se não parecesse um tópico relevante, como algo que precisasse de ajuda, manteria a minha vida privada para sempre.”

Continuou: “Mas, então, não poderia andar na rua de mãos dadas a alguém, como faço por todo o lado. Quando namorava com Rob, o público era o inimigo e isso não é forma de viver. Não era a grande declaração: ‘Estava tão confusa! Agora, percebi quem eu sou!’ Não tenho sofrido. Parecia apenas importante [assumir].”

Durante a entrevista, Stewart reconheceu que ela não é universalmente amada por todos os fãs de Twilight. Na verdade, o jornalista do Sunday Times relatou a alegada reacção que recebeu na media social dos supostos fãs de Pattinson, quando, uma vez, ele considerou a ex-namorada do actor como “talvez a melhor actriz de cinema com menos de 30 anos.” Aparentemente, Stewart estava divertida ao ouvir isto, rindo-se, “porque é que ele discordam de ti? Porque é que estavam, tipo, ‘F*ck her?’”

“Não vejo toda a explosão de Twilight como traumática,” admite a estrela. “Seria preciso alguém com uma quantidade realmente doentia de ego para ficar chateada por nem todos a adorarem. Seria tonto dizer que não me importo com o que as pessoas pensam sobre o meu trabalho e quem eu sou, mas as coisas estão polarizadas, ponto final.”

E ainda valoriza bastante o seu tempo com a franquia. Stewart salientou: “Nunca me senti atolada por Twilight… Cada passo transforma-te na pessoa que és e, sim, [Twilight] moldou-me imenso. Não apenas aqueles filmes, mas o efeito subsequente.”

Tradução e adaptação: TP

Fonte Via | Saga CrepusculoAP Visite tambem o SurtosRobstenAP      

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...